Que seja doce... let it be.

A imperfeição é bela, a loucura é genial e é melhor ser absolutamente ridículo que absolutamente chato…

Monroe, Marilyn.